|

Professores da rede municipal fazem abaixo assinado por serem contra o retorno das aulas enquanto não vacina-se os professores

Os Professores Efetivos da rede municipal de Ensino de Limeira do Oeste fizeram um abaixo assinado por serem contra o retorno das aulas no dia (23/04), solicitando ao  Prefeito Municipal Enedino Filho que as aulas continuem sendo remotas como foi em todo o ano de 2020, enquanto os professores não forem vacinados.

No abaixo assinado, os 26 funcionários reivindicam que a volta ao regime híbrido conforme Planejamento do Secretário Municipal de Educação Clodoaldo Gaspar que é membro do Comitê de Enfrentamento ao Covid-19 no município só aconteça após todos estiverem vacinados e solicitam que também não querem férias e sim o direito de trabalhar com segurança.

Os professores nomearam um representante de cada escola menos a Escola Honório que não tem professor efetivo.

Ontem quinta-feira (29) reuniram os Membros do Comitê Municipal de Enfrentamento ao Covid-19 na Prefeitura Municipal para discutir sobre as medidas de prevenção atual no combate ao novo coronavírus e o retorno das aulas nas escolas municipais no  regime híbrido de ensino. O secretário de Educação Clodoaldo na reunião falou da volta as aulas e enfatizou sobre a distribuição dos EPIs e que está respeitando o Guia de retorno às aulas presenciais do Ministério da Educação e do Protocolo Sanitário da Secretaria Estadual de Saúde e Protocolo Municipal de Retorno às aulas presenciais mediante regime híbrido e aprovada pela Comissão de Educação e Saúde municipal e o Conselho Municipal de Cumprimento de protocolos sanitários das Escolas e aprovado por todos os membros do Comitê o retorno das aulas em 03 de maio.

Em resposta ao Abaixo assinado foi respondido que: 

Os cuidados serão redobrados, que o município sempre foi destaque em Educação por conta de ações sérias e coerentes de seus gestores e profissionais da educação, que a volta as aulas no regime híbrido está dentro de todas as normas leais e segue todos os padrões exigidos nos protocolos, ressaltou ainda que o Poder Público por meio das Secretarias de Saúde e Educação tem tomado todas as providências para que os professores tenham o direito de trabalhar em segurança que foi adquiridos materiais, EPIs, utensílios e vários objetos para a proteção de todos.

Com relação à vacinação não se sabe como e quando se dará a vacinação dos profissionais de Educação e que o regime híbrido prevê o atendimento de 50% da demanda e visto que a rede municipal possui uma quantidade de funcionários contratados, caso continue no Regime Especial de Atividades Não Presenciais – REANP ou haja a suspensão das aulas na rede acarretaria a suspensão imediata dos contratos de trabalho, bem como o não cumprimento de contratos com transportadores escolares terceirizados e fornecedores de materiais e produtos diversos, bem como a liberação compulsória de férias aos servidores públicos efetivos.

Conforme denúncia na Escola Municipal Antônio Vicente Fonseca tem duas professoras e a supervisora que estão afastadas por conta do Covid-19 e já havia 3 afastadas pelo mesmo motivo, porém não foi afastado nenhum dos que tiveram contato elas e que conforme informações o Secretário de Educação disse que só será colocado em quarentena se houver sintomas. Que inclusive teve uns que não apresentaram sintomas e o exame deu positivo e que havia trabalhado no período da manhã e no período da tarde quando fez o exame  deu positivo.

O Limeira Notícias entrou em contato com a Secretaria Municipal de Educação, que respondeu que irá pronunciar em breve.

Abaixo assinado “Retorno às Aulas – o original tem as assinaturas.

Similar Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *